Localizado no centro de São Paulo entre as ruas 25 de março e a Rua Comendador Abdo Schahin, em meio ao caos urbano e zona predominante comercial, o projeto procurou estabelecer novos usos a região e estimular o máximo potencial construtivo da área, propondo gabarito de no máximo 6 pavimentos (térreo recuado em relação a calçada e 1° pavimento alinhado com o entorno). Foram adotados também a criação de “pátios” internos, a fim de aumentar a permeabilidade do solo e gerar assim o fluxo entre as quadras.